Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saraupairinstates



Quarta-feira, 02.02.05

Perdida em Oregon...

árvores na neve.JPGPerdida... É como me tenho sentido nestes últimos dias.Estou irritada e desiludida comigo. Perdi o sentido, a razão, o motivo de cá estar. Deixo-me levar pela preguiça e deixo tudo por fazer: os trabalhos de casa, pouco saio com os miudos, não escrevo no blog, não tenho tempo para pensar... Vivo uma vida extremamente monótona e depois queixo-me que é o sítio, que são as pessoas... NÃO!!! SOU EU. EU SOU O PROBLEMA!!! Mas onde é que ele está? Onde é que está a razão para eu me desmotivar e desligar das coisas num clique? Não pode ser só a preguiça!!!Não é só a preguiça que faz com que eu me arraste de um lado para o outro sem interesse por coisa alguma.A minha mãe diz que eu preciso de ler... Mas, por incrivel que pareça, não consigo encontrar tempo dentro de mim para o fazer.Sinto que estou, completamente, alienada e desintegrada. Tudo o que faço é para me impedir de estar comigo e enfrentar os meus fantasmas. E quando chego ao meu quarto estou cansada demais para fazer alguma coisa.Mas, como me disse o Fred, depois de me ouvir, este meu comportamento é padrão. Acontece em variadas alturas, em várias situações. Não posso dizer que é porque estou aqui, porque ainda no ano passado a minha Mãe levou com milhentos choros meus a queixar-me da minha inadequação ao mundo. Resultado: comecei a tomar uns anti-depressivos que me deixaram muita bem e emagreci 8 kg. Duplamente, satisfeita.Acho que a solução mesmo é voltar ao Psipax e Zoloft.Acho que também me deprime imenso passar os dias com 2 crianças. Vejo os pais de manhã e a correr e depois só volto a ver adultos por volta das 4h da tarde. A essa hora já estou cansada demais para sair com amigos meus.E depois, também estou sempre a queixar-me... Ai, quem é que me atura??? Que porcaria de pessoas e de companhia que me tornei!Redescobri que Adoro o Pedro, mas que é egoísmo demais pedir-lhe que me espere ou que esteja de braços abertos às minha lamúrias, causadas pela minha decisão de vir para aqui. Não me arrependo de ter tomado a decisão de vir, nunca saberia como iria ser se não viesse. E também não pensei que tudo aquilo de que eu me queixava em Portugal, na minha vida, me viesse a fazer falta da forma que faz. Achava a minha vida monótona... Esta ainda é mais! Mas é bem feita! É com os erros que se aprende.Também há outra coisa que me irrita em mim (epá, hoje saem os defeitos todos): é o facto de eu estar tão alienada do mundo, de ser tão inculta, de não estar a par das coisas. Em vez de me preocupar com o mundo que me rodeia e procurar ajudar alguém, só olho para o meu umbigo, preocupo-me com a minhas coisas e, estupidamente, não resolvo nada!!!!Posso nascer outra vez nesta vida????Quando me sinto mais desanimada adoro olhar as árvores. Daí a foto de hoje. Uma árvore da Mt. Bachelor, onde fui fazer Ski este fim-de-semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por foreverthirtyfive às 17:44


10 comentários

De Carla a 06.02.2005 às 15:10

Vim aqui ler depois de ver os textos todos que já foram publicados posteriormente e fico muito feliz por sentir muitos sorrisos desse lado. Identifiquei-me completamente com a parte de por vezes me sentir perdida e com uma boa noite de choro o dia seguinte acabar por surgir mais luminoso :) Quem não tem as suas dúvidas? Ainda bem que as temos e que depois sabemos ir em frente. Beijo grande :)

De Susana a 04.02.2005 às 13:50

Tenho pena de não conseguir ver a árvore, mas imagino que deve ser muito bonita, aliás como todas as árvores.. ;) Em relação ao que escreveste ficou-me uma frase na memória "Posso nascer outra vez nesta vida????", amiga penso que te deves centrar nessa mesma pergunta e questionar-te o porquê de quereres nascer de novo e o que tanto pretendes mudar na tua vida e nas tuas decisões se tivesses essa possibilidade, assim vais conseguir encontrar que parte de ti não está realizada e de acordo com a tua vontade, amiga por muito que doa tens de olhar para dentro de ti, sem medos e sem limitações e vais ver que vais conseguir sair de novo da barriga da tua mãe e enfrentar a vida com outra força.. Beijinhos, grandes e força..

De Sara a 04.02.2005 às 08:04

TIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!
Minha TIA LINDA!!!!!!!!!!
Que saudades!!!!
Tens razão. Mas, nestes dias já estou melhor. São devaneios que tenho de vez em quando.
Obrigada pela força e por teres comentado.
Bjnhs Grandes Tia

De natividade a 04.02.2005 às 05:08

Só um motivo forte me fazia sair da toca sobrinha querida. Consegui ultrapassar aquela ideia do Big Brother pois reparei que estou completamente dependente de noticias tuas e esta ausência custou-me imenso.
Vamos a levantar cabeça, a tia costumava dizer que ficar deprimida era um luxo agora já não pensa assim, mas vamos,enquanto pudermos ter a tal força interior e ir em frente.Por aqui és muito querida, contamos contigo, com a tua alegria, com as tuas novas experiências de vida.

De Sara a 03.02.2005 às 20:44

Carla, obrigada pelo comentário e pela força. Eu ainda me sinto muito perdida porque não encontrei o meu propósito nesta vida. Não quero viver só por viver, quero viver por algo que ainda não descobri. Talvez seja esse o motivo pelo qual me desanime e me sinta desmotivada das coisas. Como estou sempre em busca da algo que me deixe mais feliz, exteriormente, desiludo-me com as coisas, porque não são o que eu desejava ou estava à espera.
Sei que o principal é encontrar a paz dentro de mim, mas ainda tenho tantos conflitos internos que debater sobre a vida, que caminho seguir, onde apostar, o que fazer...
Às vezes as angústias juntam-se todas e deixam-me mais desanimada.
Mas depois de chorar um bocado, no dia seguinte´, já estou bem melhor.
Bjnhs Grnds

De Carla a 03.02.2005 às 19:18

De tudo quanto leio aqui, vejo uma pessoa muito interessada pelo mundo que a rodeia, que apanha sempre a perspectiva das coisas de uma forma muito perspicaz e humana, de inculta não vejo nada de nada. As indecisões fazem parte. Por vezes é bom termos experiências assim para nos testarmos a nós mesmos e aprendermos coisas novas. Daqui a uns anos, vai ser muito bom recordar tudo quando foi vivido, se bem que na altura possa ter parecido deprovido de sentido. Isso é só uma fase não. Eu acredito nesta Sara que leio, na Sara cheia de garra e que sabe não apenas olhar para o seu umbigo mas também para a alma e detectar exactamente o que a preocupa. Um beijo enorme :)

De Sara a 03.02.2005 às 12:48

Birra???
Não percebi!!!
Não estou a fazer uma birra! Estou a mostrar descontentamento nalgumas atitudes minhas, em relação a mim!
A que birra te referes????
Tu descobres com cada coisa Mãe...

De Mãe a 03.02.2005 às 12:35

Fiquei muito triste e desiludida. E eu preciso de me orgulhar de ti. Por mim e por ti. Tu tens tido demasiado colo, demasiadas facilidades na vida. Agora, a cada contrariedade fazes uma birra... as saudades que tenho de ti ficaram amassadas.

De atento a 02.02.2005 às 17:57

Fui enganado pela RTP...

A RTP , estaçao publica de televisao , ontem defraudou as expectativas criadas aos telespectadores em torno do programa da entrevista ao Dr Paulo Portas.
Acontece que deixei tudo para ver uma suposta entrevista e quando no decurso do programa apercebo que o formato era de frente a frente , entre o Dr Paulo Portas e uma simpatizante assumida do Partido socialista.
A Júdite Sousa , supostamente deveria estar no programa na qualidade de entrevistadora, mas tal como em entrevistas anteriores , esta ali tao somente como promotora do PS.
Em alguns momentos , cheguei a acreditar que ela exibisse alguma procuraçao passada pelo eng. Socrates , tal defesa que a sra fez.
Pior , que exigiu ao Dr Paulo Portas que concordasse com as opnioes dela , em diversas materias , nas quais ele escusou por motivos obvios.
Saliento o ponto de maxima mediocridade na entrevista que aconteceu apos o dr Paulo Portas assumir honrar o acordo pos eleitoral com o PSD e ter no partido alguem capaz para ministro das finanças.
A entrevistadora questionou porque o PSD nao apresentaria tambem 1 ministro das finanças , para assim serem 2.
Fica a dica , governos de coligaçao no entendimento de Júdite Sousa devem ter tantos ministerios das finanças , quantos partidos composerem a mesma coligaçao.
O pior , é que o partido que ela representa , deve ter de fazer acordo com o PCP e com o bloco de Esquerda , sendo sabido que nenhum deles tem alguem capaz de ser ministro das finanças , quanto mais arranjar logo 3.
È caso para pensar .
Valerá a pena assistir a falsas entrevistas?

De Sara a 02.02.2005 às 17:48

Rais parta a árvore que não aparece...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2005

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728