Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

saraupairinstates



Segunda-feira, 13.12.04

Domingo, dia de Skiiiiiiiiiiiiiiiiiii (Actualizado)

Mt. Bachelor.JPGMas, como nem tudo são espinhos...Domingo foi um dia espectacular de Ski. Aberta a época e algumas pistas, lá fomos nós às 5h30 da manhã.Tudo pronto, tudo no carro, café em copos térmicos e lá fomos, Eu, o Fred, a Zoe, o Adam e o Timmy. A Jacqui e a Phoebe ficaram em casa para decorar a Árvore de Natal.Foi uma viagem de 3h30, apanhámos gelo na estrada e, quando começou a chover, estava tanto frio (abaixo de 0º), que a chuva congelou nos vidros do carro. O Fred parou a meio do caminho para fazer xixi para cima da neve, estava muito aflito. Eu também estava e ele chamou-me um nome qualquer que quer dizer,maricas porque eu não baixei as calças e fiz na berma da estrada em cima da neve. Que realmente... Aguentei as horas todas e fiz quando chegamos.Saimos do carro e levamos o equipamento todo para a zona onde se começa a fazer ski (onde se sobe nas cadeiras). Mas eles tiveram que voltar atrás porque o sítio para ir buscar os passes era ao pé do parque de estacionamento. Eu fiquei a tomar conta dos skis. Bem, todo o material do Fred era novo, a estrear e ele disse, no caminho, que não nos mostrava porque era bom demais para os nossos olhos. Que presunçoso!Eu, que fiquei a tomar conta dos skis, nem sabia bem quais eram os dele. Estava sentada nas escadas quando vejo um casal aproximar-se dos meus skis e levar 2 pares que estavam ao pé dos meus. Eu pensei que um dos pares que eles estavam a levar eram do Fred, mas não tinha a certeza, porque não os conhecia nem vi onde ele os pôs. Não fui atrás das pessoas, mas decorei a forma como estavam vestidos, para o caso de serem aqueles.Passado um grande bocado o Fred chegou e entrou em pânico porque não viu os skis dele. Eu perguntei onde estavam e disse que alguém os tinha levado. O homem deu em doido, mas a culpa não era, realmente, minha. Eu não conhecia os skis. Mas disse que tinha decorado as pessoas, chamámos os seguranças, descrevi-os e lá foram à procura deles. O Fred estava, completamente, desolado, Parecia uma criança que tinha acabado de perder o brinquedo que tinha desejado a vida toda. Os miudos foram fazer ski e eu fiquei à espera de notícias. Nem tinha cabeça para descer a pista.Passados 5 minutos aparece o Fred a dizer que tinha encontrado os skis, no sítio onde os deixou. Ou seja, os skis que as pessoas levaram, eram delas. O Fred é que olhou no sítio errado. Tanta confusão e os skis nunca sairam do mesmo sítio.Por acaso, eu estava indecisa entre os skis que o casal levou e aqueles que eram realmente do Fred, daí não ter dito nada às pessoas. No entanto, decorei-as. No fim apetecia-me dar um murro no Fred. Rais parta o homem!!!! E eu só fiquei lá porque quis. E se eu não tivesse ficado? Ele nem sabe onde póe as coisas!!! Haviam de ter visto o berro que ele deu quando eu lhe disse que tinham levado os skis. Que, afinal, não eram os dele.Bem, assunto resolvido, fomos todos fazer ski.Desci 8 vezes. A primeira foi meio acidentada, mas não caí. Depois comecei a habituar-me. O Fred e os miudos foram para uma pista mais avançada e eu fiquei sozinha na SnowBunny. Não caí vez nenhuma!!!!Almoçamos a meio e fomos embora por volta das 2h. O Timmy que esteve no Childcare, também fex ski e disseram que ele era muito bom.No caminho para casa parámos para comer maçãs cobertas de chocolate e amêndoas e outras coisas deliciosas que engordam imenso.Conduzi umas 2 horas, porque o Fred estava muito cansado. O resto do caminho que ele conduziu foi comigo a ensinar-lhe Português. Palavras parvas e asneiras. Agora, o que ele me chama é: minha cadela/égua (conforme) fedorenta, prefrida, bonita. E eu tenho que levar com isto... Mas ele é muito engraçado. Por enquanto só sabe isto, mas havemos de ter muitas viagens até à estância de ski e muitas horas para lhe ensinar a maravilhosa língua portuguesa.Foi um dia cansativo, mas muito gratificante.Quando chegámos tínhamos a árvore de Natal montada, a Phoebe, ranhosamente, vestida e sem meias (o que eu detesto, porque a miuda fica doente).

Autoria e outros dados (tags, etc)

por foreverthirtyfive às 22:19

Segunda-feira, 13.12.04

As horas a mais

Há um tempo atrás comecei a queixar-me do excesso de horas que fazia. A Jacqui não gostou muito, mas lá se esforçou para cumprir com o horário. Durante uns tempos, até há 1 mês atrás, resultou. Agora voltou ao antigamente, senão pior.
É muito complicada esta situação e eu sei que não sou a única Au Pair a quem isto acontece.
Nós temos um horário, mais ou menos, definido: todos os dias, de segunda a sexta, das 7h às 16h. Dá 45h ao fim da semana. No entanto, às terças e quartas, chega às 17h30 porque os miúdos saem mais tarde. Depois, nos outros dias, tem alguma coisa para fazer, ou jantares, ou isto, ou aquilo. O que acontece, é que, no meio disto tudo, à quinta já eu fiz as 45h. Ainda tenho que trabalhar na sexta, o que são, geralmente, 10h.
Eu detesto ter que estar sempre a chamar à atenção deles. No início pagavam-me tudo mas eu deixei de querer e passei a pagar, porque me sentia na obrigação de trabalhar mais.
Só que, mesmo assim, suas excelências não se mancam.
O meu mal é que não tenho uma vida social muito activa e saio pouco de casa. Eles aproveitam-se do facto de eu estar sempre, para pensarem que podem contar sempre comigo. No fundo, a culpa é minha porque deixo. Mas também não deviam eles pensar um pouco nos outros?
A Jacqui chegou hoje a casa e, em vez de ajudar a Zoe no projecto da escola, ler um livro com os filhos, falar com os que não esteve durante o dia, pôs-se a jogar no Game Boy que ofereceu ao Adam pelo aniversário. O miúdo não consegue jogar o jogo que lhe ofereceram, porque é muito difícil. Tentei explicar-lhe que não era bom a criança ter um brinquedo que adora, mas que não consegue brincar com ele porque é muito complicado. Disse que lhe oferecia outro mais fácil para ele poder jogar. Não quer, porque não quer que ele se vicie. No entanto, ela joga sempre que pode. Nem fala com os filhos nem lhes presta atenção. Até ao pequeno-almoço joga. Que rico exemplo!!! Está, completamente, viciada.
Arranjou-se, vestiu-se e saiu para um jantar, do qual não me disse. E, aqui estou eu, à espera que o marido chegue para poder ir tomar um café com a Tammy.
Eu só me interrogo de uma coisa: nem toda a gente é talhada para ser Mãe ou Pai. Não implica que não tenham filhos. Mas 4???????? Para quê, se não conseguem lidar com 2???? Ainda o Fred quer outro. Claro que nunca vão deixar de ter Au Pairs!!!
Ontem, domingo, ficou em casa com a Phoebe. Ficou??? À Tarde, chamou uma Babysitter para tomar conta da miúda porque quis ir para o ginásio com o Courtney treinar. Ao DOMINGO!!!! Com um ginásio na GARAGEM de CASA!!!! Nem um dia consegue ficar em casa com a miúda.
Ainda se trabalhasse durante a semana… Mas a Jacqui não tem trabalho! Não trabalha!!!!
Como é que eu posso querer que pensem no meu bem-estar, se nem sequer pensam no bem-estar dos filhos???
Portanto, sou eu que tenho que mudar isto. Mesmo que implique algum mal estar entre nós.

Mas, apesar disto não estar para o meu lado, a culpa não é dos miúdos. Antes de sair, deixei-os de pijama vestido e tudo arrumado, roupas para o dia seguinte e fruta para acompanhar com a Pizza que o pai vai trazer. E vou esperar que ele chegue para sair.

E que Deus me dê paciência...

Conselho para as futuras Au Pairs: Estipulem bem os vossos horários. Não têm que ser muito rígidas, porque sem flexibilidade não se consegue conviver. No entanto, não façam como eu, não dêem demais. Há um ditado Português que traduz bem isto: «Quando mais se abaixa mas se lhe amostra o rabo». Ou seja, quanto mais se dá, menos se é apreciado. Isto não é só aqui que acontece. É bem frequente no dia-a-dia de toda a gente, até mesmo entre amigos.
E é assim: se eles puderem puxar mais um bocadinho e nós formos deixando, eles vão continuando a puxar. Eu pensei que comigo fosse ser bem diferente, mas não é tão fácil assim ser rígida nestas coisas.
E Boa Sorte!!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por foreverthirtyfive às 22:12

Segunda-feira, 13.12.04

CHEMEKETA

Bem, finalmente, escolhi o que vou estudar no próximo trimestre. Vou voltar a estudar… Tanto tempo para escolher a disciplina e não me calhou nada de super-interessante… College Reading. O nível é o mais elevado, nível E, e acho que me vai ajudar imenso a desenvolver o Inglês, falado, lido e escrito. No entanto, não tem nada de excitante. Que desconsolo…
As aulas vão ser à Segunda e Quarta, das 8h30 às 9h50 da manhã. Vou para lá dormir, de certeza!
Para o próximo trimestre tento escolher algo mais estimulante.
É que, com 4 miúdos, pais pouco interessados, Ski, trabalhos de casa e os trabalhos da casa, só dá mesmo para fazer uma disciplina de cada vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por foreverthirtyfive às 21:57


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2004

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031